Quatro artistas da temporada de 2019 e dois novos contemplados também vão se apresentar. A iniciativa da Casa de Vovó Dedé mantém inscrições abertas durante todo o ano

O lançamento da temporada de 2020 do projeto Revelarte é tempo de recapitular trajetórias e lançar luz a novos ciclos de formação artística entre os jovens beneficiados pela iniciativa da Casa de Vovó Dedé (Barra do Ceará). Neste sábado (8), a partir das 17h, quatro artistas contemplados pela edição 2019 se apresentarão no palco do Teatro Carlos Câmara, Centro. Bruno Leicam, Beatriz Bandeira, Claudine Albuquerque e Rafael Feijó cantarão, cada um, duas músicas na ocasião.

A programação é gratuita. Além deles, as cantoras Tatiana Freitas e Raquel Martins também vão se apresentar. As duas estão selecionadas para a temporada 2020. Durante todo o ano, a Casa de Vovó Dedé mantém inscrições abertas para o projeto. Os jovens artistas concorrem a uma série de iniciativas de direcionamento para suas carreiras, da concepção de um show à assessoria de comunicação.

A cantora Beatriz Bandeira deve interpretar “I never thought I’d see the day” (Sade Adu) e “História de Lily Braun” (Chico Buarque). Para ela, participar do Revelarte é uma forma de compreender como o caminho a fim de se consolidar artisticamente é desafiante. “Nesse projeto, existem pessoas que realmente entendem que ser artista dentro da nossa atual conjuntura não é fácil e estão lá para nos ajudar nesse crescimento”.

Em casa, Beatriz teve influência de sua irmã, Rochelle, para criar gosto pela música. A prima Mona Mendes foi outra referência para ela, como musicista e professora da linguagem. “Vi seu exemplo e isso me fez acreditar que dava para viver do que eu amo fazer, mesmo que seja um caminho árduo”, pondera.

Neste sábado (8), além da realização dos shows em si, haverá a gravação de um DVD da edição de 2019. “Acredito que vá ser lindo, nós estamos trabalhando para que seja, e as expectativas sempre são grandes”, vislumbra Beatriz.

Para o cantor Bruno Leicam, o evento é um momento de observar o impacto do projeto na vida dos envolvidos. “É muito gostoso olhar pra trás e ver que você está fazendo parte de um momento na vida de tantas pessoas. Estar junto com quem participou ano passado e de quem vai participar em 2020 me deixa muito feliz”, reflete.

No Teatro Carlos Câmara, Bruno vai interpretar “Canto das 3 raças” (conhecida na voz de Clara Nunes) e “Te levar para o meu jardim”, uma composição própria. Influenciado hoje por artistas do meio gospel e da MPB, o cantor começou a observar, desde cedo, a voz de sua avó. Ela cantava louvores na Igreja e aquilo tocava o menino de forma especial. A vocação pela música culminou na integração com o projeto da Casa de Vovó Dedé.

Em 2020

Na expectativa de passar pelo Revelarte neste ano, a cantora Tatiana Freitas vai interpretar uma versão de “Beautiful”, de Christina Aguilera, no Teatro Carlos Câmara. Ela já havia postado um trecho da interpretação no Instagram e conta que a equipe da Casa de Vovó Dedé incentivou a escolha. “O projeto é muito lindo. Todo mundo que passa pelo Revelarte sai de lá uma outra pessoa. Espero aprender o máximo possível com esses profissionais”, prevê.

Diferente de boa parte dos artistas que seguem carreira na música, Tatiana conta que a influência familiar para abraçar esse caminho “foi zero”. “Minha mãe é dona e casa e meu pai, coveiro. Hoje ele é gerente do cemitério em que trabalha. Fui criada na Igreja Evangélica, então sempre ouvi músicas desde criança, tentando repetir o que eu escuto”, lembra.

Tatiana Freitas é uma das artistas contempladas pela temporada 2020 do projeto

A única referência artística na família era seu avô. Em Icapuí (CE), ele contava histórias e se arriscava a interpretar umas cantigas, “mas não tive influência direta dele, porque não o conheci. Ele foi o único artista da família”, identifica.

Para o evento deste sábado, ela não esconde a apreensão. “Eu tô bem nervosa, mas vai ser um evento lindo, cheio de boas energias. Mil coisas têm passado na cabeça. E eu sou só tenho gratidão ao Revelarte, a Casa Vovó Dedé e a vocês que estão acompanhando e divulgando esse momento”, elogia Tatiana.

Inscrições

O coordenador do projeto, Ewelter Rocha, lembra que o sistema de inscrições para o Revelarte é contínuo e está aberto o ano inteiro. Além de iniciar o processo de construção de um show ao lado dos novos artistas escolhidos, a Casa de Vovó Dedé ainda trabalha com os contemplados de 2019 na articulação de uma assessoria em relação à carreira profissional e na capacitação das áreas de cada artista participante.

“Esse momento é de celebração do êxito que tivemos em 2019, que realmente foi supervalioso e repercutiu a trajetória dos artistas contemplados. Eles conseguiram galgar outros contatos e espaços profissionais por conta desse trabalho. Adquiriram uma autoconfiança muito maior, uma consciência maior, em função de ter feito uma imersão na construção dos shows”, recapitula Ewelter.

Serviço
Lançamento Revelarte
Show de lançamento da temporada 2020 do projeto da Casa de Vovó Dedé. Neste sábado (8), a partir das 17h, no Teatro Carlos Câmara (Rua Senador Pompeu, 454, Centro). Acesso gratuito. Inscrições para o Revelarte: projetorevelartecvdd.com.br